Passaporte

Cingapura e Alemanha são os dois países com os passaportes mais “poderosos” do mundo. A informação é do Passport Index da instituição Arton Capital, que apresenta relatórios regulares sobre a condição dos passaportes de todos os 193 países-membros das Nações Unidas e de outros seis territórios (Taiwan, Macau, Hong Kong, Kosovo, Palestina e Vaticano).

O ranking se baseia em três critérios: pontuação de Visa-Free Score (VFS), que representa o número de países no qual um cidadão pode adentrar com seu passaporte sem a necessidade de visto (Visa-Free – VF) ou no qual a permissão para se adentrar no país pode ser obtida na chegada ao local (Visa on arrival – VOA); a proporção de VF e VOA no VFS; e o Índice de Desenvolvimento Humano do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, que é utilizado como critério de desempate.

 

Ranking passaprote

 

No início de 2017, Cingapura constava em segundo lugar no ranking, enquanto a Alemanha liderava a lista. Porém, uma mudança no sistema de vistos da Ucrânia causou a alteração da classificação, possibilitando que ambos os países dividissem o topo do Passport Index.

O Brasil, pelos critérios utilizados está na 38ª colocação, à frente de países como Mônaco, Argentina, Hong Kong, Chile, Israel e México, possuindo o passaporte melhor colocado da América Latina. O país, por outro lado, está atrás de Estados Unidos, França, Itália, Canadá, Coreia do Sul, dentre outros. Os países cujos passaportes estão nas piores colocações são Somália, Síria, Iraque, Paquistão e Afeganistão.

O ranking pode ser conferido aqui.

 

Autor: Wilson Fernandes Negrão Júnior