was successfully added to your cart.

Comitê Olímpico Internacional decidirá sede das Olimpíadas de 2024 durante evento em Lima, no Peru

By 14 de abril de 2017Uncategorized

Los Angeles e Paris, duas cidades verdadeiramente globais e com grande influência para a cultura, economia e política mundiais, disputam entre si a eleição para sediar as Olimpíadas de 2024, oficialmente conhecida por Jogos da XXXIII Olimpíada. Com a realização bem-sucedida da Rio 2016 e a aproximação da Tóquio 2020, o Comitê Olímpico Internacional (COI) já se empenha em escolher a próxima cidade-sede do principal evento esportivo mundial. A 130a Sessão do COI, na qual os membros escolherão a vencedora, ocorrerá em Lima, capital do Peru, no dia 13 de setembro de 2017.

Inicialmente, cinco cidades apresentaram candidaturas para disputar a eleição, quais sejam: Budapeste, na Hungria, Hamburgo, na Alemanha, Los Angeles, nos Estados Unidos, Paris, na França, e Roma, na Itália. Devido a diversos fatores adversos à realização dos Jogos por Budapeste, Hamburgo e Roma, como rejeição por parte de eleitores, falta de apoio político a alegação de dificuldades financeiras, as três cidades retiraram suas candidaturas. Outras duas cidades, Toronto, no Canadá, e Baku, no Azerbaijão, demonstraram interesse em se candidatar a cidade-sede, mas não chegaram a formalizar suas candidaturas.

Los Angeles 2024   Paris 2024

Los Angeles, apelidada de “Cidade dos Anjos” desponta mundialmente como um importante centro para negócios, entretenimento, ciência, tecnologia e mídia, sendo um dos principais catalisadores da economia dos Estados Unidos e um grande centro financeiro. Por sua vez, Paris, capital e cidade mais populosa da França, é conhecida por ser um importante destino turístico mundial. Milhões de pessoas visitam o país com interesses dos mais variados, como história, arte, arquitetura, comércio, moda, gastronomia e tecnologia. Ambas as cidades apresentaram projetos com inovações e propostas de avanços em relação às sedes anteriores dos Jogos Olímpicos, como a sugestão parisiense de que braceletes poderiam ser criados especialmente para o evento com o intuito de armazenar todas as informações necessárias para os turistas e espectadores, de ingressos para os jogos a passagens de ônibus.

O COI promoveu intensa troca de informações entre seus membros e as cidades candidatas, com o objetivo de melhor conhecê-las e entender seus projetos para, em setembro de 2017, escolher a vencedora no Peru. O país sul-americano, por sua vez, sofre com enchentes que afetaram sensivelmente a situação de seus nacionais, mas que não deve será empecilho para a realização da 130a Sessão do COI, conforme apresentado em comunicado conjunto das partes. O Presidente do Peru, Pedro Pablo Kuczynski afirmou que “os olhos do mundo estarão em Lima e acreditamos que hospedar a Sessão do COI enviará uma mensagem vital para o mundo e para o Peru que estamos prontos para receber o mundo depois da situação de emergência. Ademais, o evento trará atenção internacional positiva para o país, à medida que recebemos vários Chefes de Estado, muitos altos funcionários de governo e mais de 2.000 membros da imprensa internacional, razão pela qual reafirmamos o nosso apoio à organização da Sessão do COI”.

Maiores detalhes sobre o processo de seleção da cidade-sede podem ser consultados aqui.

O comunicado do COI sobre a situação no Peru pode ser lida aqui.

Autor: Wilson Fernandes Negrão Júnior

 

Leave a Reply